Família Linhares Moraes fatura milhões com combustível em Presidente Juscelino

Em meio a crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus no país, a prefeitura do município de Presidente Juscelino, localizado a 94 km de distância da capital maranhense, contratou um posto de combustíveis da cidade vizinha –  Rosário, o equivalente a R$ R$ 1.229.739,00 (um milhão e duzentos e vinte e nove mil e setecentos e trinta e nove reais) para abastecer a frota do município.

Esse é o valor dos nove contratos assinados pela prefeitura com o mesmo posto para fornecimento combustíveis e lubrificantes em apoio as atividades da prefeitura municipal de Presidente Juscelino. As publicações informam que os valores apontados são o máximo que pode ser gasto com combustível pela prefeitura no período de vigência dos contratos, que perduram até o dia 31 de dezembro deste ano.

Com a pessoa jurídica de Posto de Combustíveis Prata LTDA (CNPJ 08.694.935/0001-27), o Posto Prata, fica localizado na Br-Ma 110 S/n Km 10, no Povoado Prata em Rosário. O posto são propriedades de Dagmar Linhares Moraes Rocha,  Iderli Linhares Moraes e Jose Alberto Moraes – ele é pai da atual mandatária do município de Rosário, Irlahi Linhares Moraes (MDB) e as outras duas sócias são irmãs da gestora.

Apesar de ter uma população de pouco mais de 17 mil habitantes, os gastos com combustíveis pela prefeitura é suspeita. Atualmente a cidade é governada pelo prefeito Magno Teixeira (PSDB).

Veja os contratos abaixo:

Deixe uma resposta